sábado, 28 de julho de 2012

EU LI: BATMAN - DIA DAS BRUXAS

ROTEIRO EXCELENTE E ARTE EFICIENTE DEIXAM A EDIÇÃO IMPECÁVEL


Postagem rápida, acabei nesse momento de ler esta História em Quadrinho. E, consegui um tempo curto pra já fazer a resenha. Vamos a ela.

Sinopse: Em três momentos distintos passados durante o Dia das Bruxas, o Cavaleiro das Trevas se vê às voltas com alguns de seus mais terríveis adversários, tendo que sobrepujá-los e, ao mesmo tempo, não sucumbir à loucura. Porém, sua batalha ganha contornos sobrenaturais quando o Cruzado Encapuzado é visitado por seres fantasmagóricos que pretendem mostrar-lhe de que modo sua vida pode acabar. Concebidos pelo roteirista Jeph Loeb e o artista Tim Sale, os três contos que compõem essa edição estão situados no início da carreira do Homem-Morcego. Este volume reúne as edições 'Batman - Legends of the Dark Knight Halloween Special', 'Batman - Madness - A Legends of the Dark Knight Halloween Special' e 'Batman - Ghosts - A Legends of the Dark Knight Halloween Special'.

Análise/Crítica: Mais uma vez, como fizeram com "O Longo dia das Bruxas" (que foi publicada pela Panini antes, mas que na verdade foi produzida originalmente posterior a "Dia das Bruxas", a dupla Loeb e Sale nos presenteiam com uma ótima HQ do homem-morcego.

O roteiro está novamente bem construído, diálogos curtos e objetivos (além de claro e compreensível, o que  na minha opinião, infelizmente, as novas HQs "conceituadas" não fazem!).

Loeb entra na psicologia do herói e traz todas as consequências trazidas pela escolha de Bruce Wayne se tornar o Batman: não ter um relacionamento amoroso, não ter uma vida social estável e a solidão. Finalmente eu li uma HQ que falasse sobre isso! Bruce Wayne é um humano, com isso sociável, como poderia um ser humano viver na solidão exclusivamente como Batman sem se tornar louco como seus vilões? É isso que a HQ nos traz!


Os desenhos de Tim Sale, embora EU não curta o estilo, estão muito bem executados e sua narrativa está acima da média das HQs que lemos. Ajuda também do roteiro, que possui poucas falas (deixando o visual dos desenhos muito melhores, bem como o tamanho do formato da HQ - pouco maior do que o tradicional americano).

A edição da Panini mais uma vez está numa ótima qualidade, porém o preço está salgado para a quantidade de páginas.

Enfim, por tudo, a HQ é aquisição obrigatória para todos que gostam de Batman.

Abraço e até a próxima!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...