domingo, 16 de setembro de 2012

EU LI: POWERS


Salve galera, blz?

Como foram de final de semana? Estou aqui nas últimas horas de domingo para fazer uma antecipação de postagem!

Vamos falar da HQ "Powers", escrita por Brian Michael Bendis e desenhada por Michael Avon.

SINOPSE: Heróis deslizam pelo firmamento entre relâmpagos e fogo. Extravagantes vilões tentam ousados roubos em plena luz do dia. Criaturas alienígenas divinas se chocam em batalhas épicas no céu noturno. E nas ruas da suja cidade abaixo os detetives da divisão de Homicídios Christian Walker e Deena Pilgrim fazem seu trabalho investigando desde a misteriosa morte da Moça-Retrô a um letal jogo de RPG de super-heróis com direito a uma estonteante participação especial de ninguém menos que Warren Ellis. Esta edição definitiva do primeiríssimo ano de Powers apresenta o leitor a todos os personagens e histórias vencedoras do prestigiado prêmio Eisner que tornaram Bendis e Oeming superastros dos quadrinhos. Além do primeiro ano completo da série apresentado pela primeira vez em ordem de publicação este luxuoso encadernado traz ainda um impressionante caderno de esboços de Oeming o roteiro original de Bendis para a edição de estreia de Powers galeria de ilustrações e capas não utilizadas um guia para as participações especiais na série entrevistas e muito muito mais.

ANÁLISE/RESENHA: Demorei para adquirir essa HQ. Primeiro pelo fato de ela ter um preço inicial de lançamento muito caro (R$ 100,00) e ninguém tem esse capital pra comprar uma única HQ (até porque quem é fã de quadrinhos como eu tem diversos outros títulos para comprar!). Segundo porque não achei o desenho atrativo para mim na época.

Pois bem, às vezes agradeço a um "TOC" que tenho. Aqui especificamente quero agradecer ao de eu ficar entrando em sites de vendas online e ver os preços das coisas. Eis que para minha surpresa tinha achado essa HQ com 50% de desconto! Não pensei 2x eu fui direto colocar na cesta de compras rsrs

Recebida a HQ, era hora de lê-la.

"POWERS" pode dar um choque no leitor que folheia algumas páginas antes de começar a ler. Diversas delas há grande invasão de balões de leituras, podendo dar aquela preguiça para prosseguir a história em diante.


Mas não se assustem. O roteirista Bendis consegue escrever falas extremamente fluídica, não sendo cansativa.

A narrativa com os desenhos simples de Michael Avon casam perfeitamente com o estilo que o roteirista quis.

Quanto às histórias, nada de mirabolantes, porém legal de se ler e diferente, digamos, da saturação que vemos hoje no mercado.

Tirando o preço real de capa, a HQ tinha tudo para ser uma aquisição obrigatória. Pena que fora lançada como material de luxo e ainda com o acréscimo de roteiro completo da primeira edição, alguns esboços... aumentando muito, consequentemente, o preço do produto. Acredito que não fora uma idéia boa da editora Panini ter lançado assim, inicialmente porque não é um título conhecido da grande maioria e segundo porque a história nem é tão marcante assim para se ter tantos extras.

Caso você tenha a sorte de achar a HQ com um preço em conta (indico um valor abaixo dos 70 reais) vale a pena adquirir a HQ. Caso contrário, compre outras que lhe satisfaçam e esperem alguma feira ou algum site dar aquele desconto no livro.

É isso galera.
Grande abraço a todos e tenham ótima semana!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...