terça-feira, 12 de julho de 2016 in ,

EU LI: A GAROTA NA TEIA DE ARANHA




Mais de 3 (três) anos se passaram desde minha última atualização.
Confesso, sem dúvida, de que abandonei este BLOG.
Muitas coisas me aconteceram nesse período: me torneio Defensor Público Federal, me mudei do Rio de Janeiro para a cidade de Santos, viajei para diversos lugares, conheci muitas pessoas, me tornei proprietário e editora de uma editora de quadrinhos – a Editora Devaneio (www.editoradevaneio.com.br), escrevi roteiro de quadrinhos e, claro, li muito!
Poderia dizer que fiquei sem tempo de postar. Mas, como sou da corrente de que “tempo a gente sempre arruma”, a sinceridade é que havia me desmotivado em atualizar.
Com muita reflexão, resolvi voltar. Sei que talvez poucas ou pouquíssimas pesosas cheguem a este site para ler algo, mas vou manter o projeto de atualizá-lo agora – até para treinar mais ainda minha escrita.
Vou manter a mesma filosofia de outrora – resenhas aqui postadas serão claras e objetivas – resumindo-se apenas se eu gostei ou não. Aqui, vocês não vão ver nada de crítica profunda, referências, nem nada.
Bom, vamos ao que interessa?
Semana passada, terminei de ler o quarto volume da série Milenium, criada pelo falecido autor Stieg Larsson.

SINOPSE: A hacker Lisbeth Salander e o jornalista Mikael Blomkvist precisam juntar forças para enfrentar uma nova e terrível ameaça. É tarde da noite, e Blomkvist recebe o telefonema de uma fonte confiável, dizendo que tem informações vitais aos Estados Unidos. A fonte está em contato com uma jovem e brilhante hacker — parecida com alguém que ele conhece. Blomkvist, que precisa de um furo para a revista Millennium, pede ajuda a Lisbeth. Ela, porém, tem objetivos próprios. Em 'A Garota na Teia de Aranha', a dupla que já arrebatou mais de 80 milhões de leitores com 'Os homens que não amavam as mulheres', 'A menina que brincava com fogo' e 'A rainha do castelo de ar' se reencontra em um thriller explosivo.

ANÁLISE: A nossa personagem principal volta com tudo, mas dessa vez ela não divide as páginas apenas com seu amigo (ou seja lá o que ela sinta por ele) Mikael Blomkvist. O novo autor convocado para dar continuidade às histórias da Hacker gênia (David Lagercrantz) lança mão de diversos outros personagens, cada um com suas motivações muito bem desenvolvidas.
São tantos os personagens, que até no meio da história você acaba esquecendo quem é quem, tendo que voltar algumas vezes para se lembrar (não, isso não é meu problema de guardar nomes rsrs). Vale um adendo quanto à quantidade de pessoas nesse livro – achei desnecessária a inclusão de alguns. Se cortassem alguns, na minha opinião, não haveria prejuízo a história – mas enfim, quem gosta de enrolar, enrola.
O livro começa muito bom. É legal você rever personagens tão queridos de volta. Você descobre “o que aconteceu com Lisbeth e Mikael nesses anos todos?”. Assim como nos livros anteriores, a trama principal não começa “com tudo”,  como podemos ver em livros publicados pela Editora Arqueiro (Harlan Coben, Dan Brown, dentre outros). Como eu disse, o autor se preocupa, primeiramente, em mostrar como está a vida de Mikael, bem como apresentar os inúmeros personagens que participarão (ou não) na história.
O livro pega no tranco depois de algumas longas páginas. Aí você fica naquele vício bom de não querer parar de ler – a insônia chega graças ao “vou ler só mais esse capítulo”. Mas não se empolgue, o livro “caí” novamente para depois “subir” de novo.
Para ser sincero, não me recordo muito do estilo de escrita dos três livros anteriores, mas este quarto volume está muito bem escrito.
A edição está impecável e a qualidade gráfica do livro segue o padrão da editora Cia das Letras.
Por tudo, o livro é muito indicado tanto para os que leram os outros volumes, claro, como para aqueles que nunca lerem um livro da série Milenium (Olha, você não precisa ler os outros volumes para entender este. Claro que ajudaria em pegar mais profundidade dos protagonistas, mas na verdade não é necessário, confie!).
É isso pessoal!
Espero que tenham gostado. Comentem caso tenham lido o livro (ou, se leram, venha nos visitar comentando aqui).

Abração! Boa Semana!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...